Dizem que a vida é como um navio: seguros nos portos, mas feitos para o mar. Para uma jornada insegura, incerta, incrível.
Dizem também que são as tempestades que fazem o bom marinheiro. Os momentos em que tudo parece se opor ao seu objetivo e percurso são os momentos em que ele deve se segurar no que é firme.
O que nos ancora na jornada é nossa fé: nosso firme fundamento de que, ainda que haja tempestades, ainda que o conforto do porto nos atraia, ainda que o mar pareça grande demais, seguiremos para nosso alvo. Seguros. Firmes. Ancorados.

(Source: cineraria)

conversemusic:

TommyPom digs Converse’s new music Tumblr.

conversemusic:

TommyPom digs Converse’s new music Tumblr.

Longe de mim julgar amor. Mas vem cá, como é amar alguém diferente a cada semana?
Como eu já disse, as experiências dos outros nunca me serviram de lição, preciso cair, dar com a cara no paralelepípedo, me ralar inteira. Só assim aprendo, só assim consigo entender todas as partes do quebra-cabeça. Porque a vida da gente é isso: pecinha que junta em outra pecinha. E tudo vai tomando forma, tudo vai fazendo algum sentido (será?).
A vida é incontornável. A gente perde, leva porrada, é passado pra trás, cai. Dói, ai, dói demais. Mas passa. Está vendo essa dor que agora samba no seu peito de salto agulha? Você ainda vai olhá-la no fundo dos olhos e rir da cara dela. Juro que estou falando a verdade. Eu não minto. Vai passar.
Vamos colocar tudo no lugar, sacudir a poeira e colocar um sorriso no rosto. Livre-se de tudo que faz mal e seja o que quiser, o que vier, apenas seja.

(Source: haha-fuck-y0u)

Tem coisas que Deus dá para a gente aprender. E tem coisas que Deus só dá quando a gente aprende.